segunda-feira, 30 de novembro de 2009

FAP TERESINA - SOCIALMENTE RESPONSÁVEL


A Faculdade Piauiense - FAP Teresina recebeu nessa semana o selo de Instituição de Ensino Superior Socialmente Responsável, expedido pela ABMES - Associação Brasileira das Mantenedoras do Ensino Superior. Esse prêmio é o resultado das ações desenvolvidas pelo Núcleo de Responsabilidade Social, sob responsabilidade do Professor Carlos Medino que, desde 2007 vem promovendo diferentes atividades a comunidades carentes da cidade de Teresina, como por exemplo as festividades do Dia das Crianças e Natal promovidas na Escolinha Sistema Meio Norte, que atende cerca de 300 crianças carentes, já solidificado como evento da IES.

Além disso, os cursos de graduação ofertados pela FAP tem em seu planejamento o exercício da responsabilidade social, como é o caso do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, que realiza anualmente o Encontro da Contabilidade com a Ação Social (em sua 4ª edição no ano de 2009), doando roupas, brinquedos e alimentos arrecadados por seus alunos; o Curso de Bacharelado em Direito que, por intermédio do seu Núcleo de Prática Jurídica, presta apoio a comunidade Vila da Paz; o curso de Bacharelado em Administração que promove, no período de chuvas e enchentes, o Águas Solidárias, um programa de doação de roupas e alimentos àqueles que mais sofrem com a cheia dos rios Poty e Parnaíba e o Ingresso Solidário, adotado pelos eventos do curso de Bacharelado em Turismo, onde se tem, como taxa de inscrição, 1 kg de alimento não perecível para posterior doação a comunidades carentes.

Com isso, acreditamos que nossa responsabilidade em educar transpassa os conteúdos teórios, fazendo com que nossos alunos sejam capazes nao apenas em desenvolver funções pertinentes a sua área de graduação, mas principalmente exerce-las de forma a agregar melhoria de qualidade de vida aos que mais precisam, colocando em prática a cidadania, algo tão comentado mas pouco exercitado nas sociedades contemporâneas, comprovando que FAZER FAP FAZ BEM!

fonte:http://www.portalfap.com.br/noticia.php?id=0000000241

Ismailon Moraes

AULA DE CAMPO NO PARQUE NACIONAL DE SETE CIDADES: PROMOVENDO A PRÁXIS NO TURISMO


Os alunos matriculados na disciplina de Turismo e Meio Ambiente (4º período) do curso de Bacharelado em Turismo da Faculdade Piauiense – FAP Teresina realizaram visita técnica no Parque Nacional de Sete Cidades, em 22 de novembro passado. Acompanhados pela Professora Msc. Liège Moura, responsável pela disciplina, puderam verificar, na prática, tópicos acerca da Administração de Parques Nacionais, bem como seu uso para o Turismo.

Localizado no Município de Piracuruca, o Parque foi amplamente estudado, em 1928, pelo austríaco Ludwig Schwnnhagen, que comparou o espaço a ruínas de uma cidade fenícia, que teria sido fundada há 3 mil anos, daí a origem de seu nome. Para a professora, a realização dessa atividade é ”a complementação prática da disciplina, oportunizando o alunado a compreender a sua função, como turismólogo, no uso, administração e conservação de áreas naturais pelo Turismo; além disso, o contato com a comunidade que vive no entorno do parque sensibilizou nossos alunos para a importância do desenvolvimento do turismo de Base Comunitária”.

Já a acadêmica Larissa Calaço reforça sua satisfação na participação dessa atividade, lembrando que “há 10 anos estive no Parque Nacional de Sete Cidades e, desde então, a estrutura criada para visitantes melhorou consideravelmente, promovendo não apenas o conforto dos turistas, mas principalmente a proteção desse patrimônio de grande beleza e importância para o nosso Piauí”.

Participou ainda da visita a equipe do programa Caminhos e Trilhas (TV Meio Norte), que vinculará imagens e informações acerca dessa atividade em seus próximos programas.

fonte:http://www.portalfap.com.br/noticia.php?id=0000000263

Ismailon Moraes

LEI ANTIFUMO É TEMA DE PESQUISA EM TURISMO


Os alunos matriculados na disciplina de Legislação Turística (5º Turismo), do curso de Bacharelado em Turismo da Faculdade Piauiense - FAP Teresina, sob orientação do professor Gabriel Furtado, realizarão pesquisa relacionada a lei antifumo, em vigor em algumas capitais do país. A idéia da pesquisa surgiu pelo fato desta lei envolver empreendimentos gastronômicos, que relacionam-se intimamente com a atividade turística.

A pesquisa será dividida em duas etapas. Na primeira, serão feitas pesquisas bibliográficas a fim de que os alunos participantes possam visualizar, contextualizar e estudar os fundamentos jurídicos de uma lei dessa natureza. Na segunda etapa, será elaborado um questionário quantitativo a ser aplicado nas visitas “in loco” nos bares e restaurantes de Teresina – PI. Ao final, será preparado um relatório final que envolverá a fundamentação teórica da lei, bem como da pesquisa, além de ser apresentada a interpretação dos dados colhidos e a conclusão a respeito dos impactos que uma lei antifumo causaria no setor gastronômico da capital piauiense.

De acordo com o professor da disciplina, o objetivo dessa atividade é pesquisar os impactos que uma eventual lei antifumo, similar à sancionada no estado de São Paulo teria no setor gastronômico de Teresina. O coordernador do curso, professor Ricardo Gomes destaca a importância dessa atividade para o desenvolvimento do senso crítico dos alunos de turismo acerca de tópicos contemporâneos relacionados a área, fato que aproxima o bacharelando a realidade de mercado e, consequentemente, tornando-o aluno apto a atuação integral no mercado em que se encontra. O resultado da pesquisa será apresentado em 09 de novembro próximo, como elemento avaliativo da disciplina.

fonte:http://www.portalfap.com.br/noticia.php?id=236

Ismailon Moraes

Foto de passageiro obeso em avião levanta debate sobre poltronas

A imagem de um passageiro obeso espremido numa poltrona da classe econômica reacendeu o debate nos Estados Unidos sobre como as empresas aéreas lidam com o grande número de passageiros acima do peso.

A foto, postada num blog sobre aviação, e publicada no site do inglês "Daily Telegraph", foi tirada por um dos clientes para ilustrar a dificuldade da empresa em acomodar os passageiros em seus assentos.

Não está claro, segundo o jornal, se o passageiro está consciente de que sua foto foi tirada ou se o voo, um avião de carreira da American Airlines, decolou com o passageiro com metade do corpo para fora do assento.

Segundo o "Telegraph", algumas empresas aéreas já oferecem cintos de segurança maiores para passageiros acima do peso em cumprimento a normas de segurança, mas boa parte dos voos de carreira insistem para que passageiros obesos comprem uma poltrona extra.

A imagem, aparentemente feita num Boeing 757, foi postada no blog sobre aviação "Flightglobal", do escritor Kieran Daly.O autor do blog disse ao diário inglês que a foto foi enviada para ele com “absoluta garantia de que é genuína por um comissário de bordo da American Airlines”.

Em um comunicado, a empresa afirmou que “não poderia ainda confirmar se a imagem foi feita ou não por algum membro da tripulação do voo" e que vai "investigar a situação internamente para determinar se algumas das políticas da empresa não foram corretamente aplicadas”.

“A American Airlines tem entre suas principais preocupações a segurança e o conforto dos seus passageiros e tripulações e, consequentemente, passageiros são orientados a reservar dois assentos se eles sabem que vão precisar. Se o voo não estiver lotado, todavia, as necessidades destes passageiros são atendidas sem custos, sempre que possível”, diz a empresa.

Ismailon Moraes

Setur e Marca Brasil finalizam pesquisa da capacidade receptiva de São Raimundo Nonato


A Secretaria do Turismo do Piauí, através do Instituto Marca Brasil, finalizou o relatório inicial da pesquisa Análise e Diagnóstico da Capacidade Receptiva de São Raimundo Nonato para o Ecoturismo do Parque Nacional Serra da Capivara, que foi realizada durante o período do Global Rock Art, evento que aconteceu em junho e julho deste ano.

De acordo com o gerente de projetos do Marca Brasil, Maximiliano Pinent, a pesquisa foi feita baseada no turismo sustentável e com um olhar para o ecoturismo. “Basicamente, trabalhamos na pesquisa, itens como hotelaria, meio de transporte, informações turísticas, perfil do turista como idade, grau de instrução e destino emissor, dados como média de gasto, atrativos que mais interessam ao visitante voltando o foco para o ecoturismo”, explica.

Os dados coletados foram formatados e serão levados para uma validação junto ao trade turístico de São Raimundo Nonato a partir de então será feita uma proposta de melhorias para os setores de serviços. A diretora da Setur, Liége Moura, explica que nos dias 28 e 29 de novembro acontecerão reuniões setoriais, no Auditório do Sebrae, em São Raimundo Nonato, onde será apresentado para cada segmento as impressões dos turistas e através de um debate os empresários poderão se manifestar.

A pesquisa da demanda é uma necessidade observada pela Setur a partir de dados solicitados pelas operadoras como a Ambiental, que trabalhou no Global Rock Art. "A partir desses dados poderemos sensibilizar o trade sobre as necessidades e fazer um trabalho conjunto. Com a validação, vamos também ouvir a realidade de cada setor para a partir daí, apresentarmos as sugestões de melhoria e ações”, disse Liége Moura.

Sobre o Instituto Marca Brasil

Referência em gestão e desenvolvimento de projetos e estratégias economicamente sustentáveis, o Instituto Marca Brasil trabalha em conjunto com as empresas privadas e órgãos públicos na geração do reconhecimento e valorização do potencial turístico, cultural e econômico do Brasil.

Por ser uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip) desenvolve ações de responsabilidade social e empresarial, sem fins lucrativos. Desde 2002, o IMB faz a gestão de projetos de abrangência nacional e internacional, que envolvem ações, estudos e pesquisas nas áreas de mercado, competitividade, cidadania, assistência social, cultura, meio ambiente, geração de emprego, renda e crédito.

fonte:http://www.piaui.pi.gov.br/materia.php?id=37523

Ismailon Moraes

Wellington Dias é recebido por federação das empresas alemãs e aborda o turismo no estado


Wellington Dias e seus auxiliares em missão oficial no exterior foram atenciosamente recebidos por setores relevantes da direção geral da Federação das Indústrias da Alemanha, a BDI (Bundesverband für Deutschen Industrie) no final da semana passada, em Berlim. A Diretora de Mercados Internacionais da instituição, Beatrice Kühne, e seu staff, recepcionaram os representantes do governo piauiense para se estabelecer uma projeção de relações comerciais e industriais que possam reforçar a relação Alemanha/Piauí, uma meta que hoje faz parte das prioridades do governador.

A federação alemã congrega mais de 100 mil empresas daquele país que atuam nos cinco continentes e, no Brasil, mantém relações de investimentos em diversos estados através da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que apóia a iniciativa piauiense de buscar investimentos alemães através deste gigantesco conglomerado que reúne negócios que vão desde a produção de açúcar à industrialização de veículos para aeronaves espaciais.

Wolf – Dieter Zumpfort, no alto de sua experiência e prestígio no negócio turístico da Alemanha, também pediu informações minuciosas do potencial piauiense, destacando seu conhecimento sobre as praias piauienses e sobre o Parque Nacional da Serra da Capivara, locais que ele considera estratégicos para atrair o interesse de alemães. “Para tanto, o Piauí deverá apresentar um plano de marketing mais agressivo a partir de agora na Alemanha e a participação do Estado nas feiras internacionais que acontecem regularmente aqui são imprescindíveis para fazer os alemães se informarem que seus destinos representam o que eles muito apreciam”, explicou Zumpfort, explicando que o BDI pode intermediar contatos com empresas alemãs de logísticas que, nos últimos 30 anos, vêm contribuindo substancialmente para que outros países se qualifiquem à altura das exigências mais comuns ao público germânico.

Ele explicou que os alemães de todas as idades são obstinados por viagens de turismo e de negócio ao longo do planeta em busca de novidades que fujam dos roteiros tradicionais e que o Piauí é uma destas fronteiras.

Wellington Dias designou ação sistemática e coletiva dos secretários Sílvio Leite (Turismo), Jorge Lopes (Projetos Estratégicos) e Sérgio Vilela (Relações Internacionais) para atender às solicitações da federação da indústrias alemãs neste processo de inédito estabelecimento de relações com o organismo que faz parte da base de sustentação de uma das mais sólidas economias do planeta. Os assuntos tratados pelo governador e o BDI estarão na pauta da visita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz a Alemanha no próximo dia 2 de dezembro. A entidade é uma das estruturas envolvidas na organização da agenda do governante brasileiro no território alemão.

“Saímos muito otimistas com esta reunião que realçou nossas potencialidades aos empresários alemães, reconhecidos por seu pragmatismo e objetividade. Além dos relatórios solicitados, vamos dinamizar nossa presença nos eventos na Alemanha, constando com o forte apoio prestado pela embaixada brasileira naquele país, assim como, vamos receber ainda em dezembro grupos empresariais alemães no Piauí”, esclareceu Wellington Dias que, na mesma sede do BDI, manteve encontro com o empresário Frank Grosser, gerente comercial da MLW Intermed, companhia alemã especializada no financiamento de equipamento para modernização do sistema educacional público e que já trabalha no mercado nacional com forte presença no estado do Ceará. Grosser estava no Brasil e veio à Alemanha especialmente para tratar de investimentos no Piauí. Em dezembro, o empresário alemão será recebido em Teresina por Sérgio Vilela e Jorge Lopes.

fonte:http://www.piaui.pi.gov.br/materia.php?id=37536

Ismailon Moraes

Multidão assiste abertura do carnaval em São Luís


Grupos folclóricos, escolas de samba e até a cantora Alcione se apresentaram na festa de abertura do carnaval 2010 no centro histórico de São Luís. O evento foi realizado como parte dos atrativos do 1º Salão do Turismo do Maranhão. Teve início na Praça Deodoro e terminou na Praça Nauro Machado. "O objetivo é mostrar ao público que o carnaval no estado é diversificado, muito rico culturalmente. A batida que temos aqui é única no Brasil", contou a secretária adjunta de turismo, Maria do Socorro Araújo, ao MERCADO & EVENTOS, durante a apresentação.

Ela disse, ainda, que o Maranhão espera receber 30% mais turistas para o carnaval de 2010 se comparado com 2009. "Nós temos a infraestrutura para receber. Começamos nossos ensaios em janeiro. Todas as sextas e sábados após o reveillon temos festa no centro histórico de São Luís com apresentações tradicionais do estado".

A cantora Alcione, que é maranhense, subiu ao palco da parça Nauro Machado após a apresentação dos grupos folclóricos Tambor de Crioula da Fé em Deus, dos blocos tradicionais Os Foliões, Os Feras, os Brasinhas e Os Tremendôes e a Banda do Bicho.

fonte:http://www.mercadoeeventos.com.br/script/FdgDestaqueTemplate.asp?pStrResolucao=1280&pStrLink=3,27,0,51893&IndSeguro=0

Ismailon Moraes

Cultural Care faz palestras gratuitas no Rio sobre trabalho remunerado nos EUA


A multinacional sueca Cultural Care, especializada comercialização do programa de intercâmbio Au Pair, fará palestras gratuitas no mês de dezembro, no Rio de Janeiro sobre trabalho remunerado nos Estados Unidos. Os eventos ocorrerão nos dias 5 às 11h30 e no dia 18 às 18h, ambos à Rua Uberaba, 44 – Grajaú. No dia 12 será às 10h, na rua São Salvador, 20 - Flamengo

Nestas reuniões informativas será apresentado o programa Au Pair, destinado aos jovens entre 18 e 26 anos que têm interesse em estudar nos Estados Unidos e cuidar de crianças de uma família norte-americana por um período determinado.

Para participar é necessário ter segundo grau completo, nível intermediário de inglês, carteira de habilitação e no mínimo 200 horas de experiência comprovada com crianças.

A Cultural Care é líder mundial na comercialização do programa Au Pair, tendo enviado mais de 75 mil jovens do mundo todo desde 1999 aos Estados Unidos, sendo sete mil do Brasil.

Os interessados em participar das palestras devem confirmar presença no fone 0800.707.9353 ou através do e-mail heloisa.chaves@culturalcare.com Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . Mais informações no site www.culturalcare.com.br.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/flashnews/29448-culturalcarepalestrasrio.html

Ismailon Moraes

SIS Intercâmbio oferece programa de trabalho voluntário na África do Sul


A SIS Intercâmbio Cultural, empresa especializada em cursos no exterior, oferece um programa na África do Sul que une curso de inglês e trabalho voluntário. São 16 opções de projetos voluntários direcionados a ajudar a comunidade, crianças carentes, crianças com deficiências, preservação do meio ambiente e animais nativos.

Nos últimos anos, a África do Sul se tornou um destino muito procurado por pessoas que querem conciliar vivência cultural com experiência de vida. O programa Volunteer South Africa oferece essa oportunidade.

Um dos projetos é o Heart for Orphans, em que crianças órfãs e bebês abandonados recebem carinho e atenção dos voluntários que auxiliam no desenvolvimento de atividades recreativas.

Outro projeto é o Wildlife Enthusiast Com o objetivo de preservar a cultura local e os animais nativos, este projeto promove educação sócio-ambiental ao aproximar a comunidade dos animais por meio de atividades de conscientização.

Mais informações no site: http://www.sis-intercambio.com.br

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/agviagens/29452-sisintercambioprogramatrabalhoafrica.html

Ismailon Moraes

"Turismo na Comunidade” de Recife concorre ao Prêmio ODM Brasil


Aproximar cada vez mais o recifense da atividade turística, valorizar locais frequentados até então pela população e promover a descoberta de atrativos turísticos da cidade. Esses são os objetivos do “Turismo na Comunidade” - projeto da Secretaria de Turismo da Prefeitura do Recife – que está entre os 45 finalistas da 3ª edição do Prêmio ODM Brasil, que integra as ações dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A premiação foi criada pelo Governo Federal com apoio do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

O projeto foi apresentado para o técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Albino Rodriguez, que está visitando in loco os finalistas do prêmio. O “Turismo na Comunidade” concorreu com 1,5 mil projetos de todo o País. Nesta 3ª edição, dos 45 finalistas, dez são do Nordeste e quatro de Pernambuco, entre eles o “Turismo na Comunidade”. O anúncio dos vencedores será realizado até fevereiro e a premiação acontece em Brasília.

“Ficamos lisonjeados com a escolha do ‘Turismo na Comunidade’ entre os finalistas. Além de o projeto ter um perfil de inclusão social, conseguiu, junto com o povo, criar e produzir novos espaços culturais e ampliar o leque de oferta turística em vários bairros do Recife. O projeto ainda complementa nossa filosofia de ‘recifense praticante', destacou o secretário de Turismo do Recife, Samuel Oliveira.

O “Turismo na Comunidade”, lançado em agosto de 2007, em parceria com a Fundação Gilberto Freyre, requalificou e reestruturou os equipamentos turístico-culturais do Recife. Além disso, também foi promovida a capacitação e o treinamento dos profissionais atuantes nos equipamentos. Todos os projetos foram intensamente discutidos com a população e a análise dos espaços partiu de solicitações da própria comunidade, com a supervisão da fundação.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/nordeste/29453-turismonacomunidadepremio-odmbrasil.html

Ismailon Moraes

Prazo para cadastro no Guia Viaja Mais Melhor Idade acaba na terça


Hotéis, pousadas, albergues e outros meios de hospedagem têm até as 12h da próxima terça-feira para se cadastrarem no Viaja Mais Melhor Idade Hospedagem e poderem divulgar informações detalhadas e atualizadas sobre seus estabelecimentos na quarta edição do guia impresso do programa. O guia terá uma tiragem de 250 mil exemplares e será distribuído por todo o país. O único requisito é estar em situação regular no Cadastur (Sistema de Cadastro dos Empreendimentos, Equipamentos e Profissionais da Área de Turismo do MTur).

Por meio do Viaja Mais Melhor Idade Hospedagem, 2.040 meios de hospedagem em 588 destinos brasileiros, oferecem, durante a baixa ocupação, desconto de 50% nas diárias de hotel para pessoas com 60 anos ou mais. O programa foi criado ano passado pelo MTur, em parceria com o IMB (Instituto Marca Brasil), para aquecer o setor durante a baixa ocupação e promover lazer e qualidade de vida aos idosos.

O presidente do IMB, José Zuquim, ressalta que o novo guia possibilitará a consulta de pessoas que ainda encontram dificuldade em acessar a internet. “É uma forma de tornarmos o programa mais abrangente e facilitar o acesso aos meios de hospedagem”, justifica. Já a diretora superintendente do IMB, Daniela Bitencourt, destaca a oportunidade de divulgação para os meios de hospedagem que o guia oferece. “Tanto o pequeno quanto o grande empresário, terá seu empreendimento divulgado em todas as regiões do país, possibilitando ótimas oportunidades de negócio”, conclui.

Cadastro Viaja Mais Melhor Idade Hospedagem

Para participar do programa é preciso acessar o Portal de Hospedagem (www.portaldehospedagem.com.br) e fazer o cadastro do hotel gratuitamente, que é rápido e simples. Basta acessar o site, clicar em “Cadastre-se”, escolher a alternativa “Meio de Hospedagem” e seguir preenchendo os campos como: dados da empresa, características, serviços oferecidos e Viaja Mais. O Portal de Hospedagem já obteve seis milhões de visitas desde janeiro de 2008 e 72 mil intenções de reservas só este ano.

Cadastur

Lançado em junho de 2006, trata-se de um sistema online de cadastramento para os prestadores de serviços turísticos, como meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, guias de turismo e bacharéis em turismo. Para se cadastrar, basta acessar www.cadastur.turismo.gov.br ,

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/brasil/29445-prazocadastroguiaviajamaismelhoridade.html

Ismailon Moraes

domingo, 29 de novembro de 2009

Champs-Élisées se ilumina para o natal!


Essa semana foi inaugurada a iluminação de fim de ano de um dos principais pontos turísticos de Paris, uma das cidades mais freqüentada por turistas do mundo.

É verdade que não é preciso de motivos adicionais para querer conhecer a capital francesa, mas ela consegue ficar ainda mais bonita no Natal.

Além da Champs-Élisées, milhões de lâmpadas foram colocadas em praças e em ruas de Paris.

fonte: http://spintravel.blogtv.uol.com.br/2009/11/26/champselisees-se-ilumina-para-o-natal

Ismailon Moraes

Agência baiana oferece cinco dias de turismo em aldeia indígena


São 800 reais para passar cinco dias em uma aldeia indígena no sul da Bahia. Essa é a proposta da agência Pataxó Turismo, de Porto Seguro. O passeio tem 100 km e envolve noites em alojamentos típicos dos índios da região. Esta aí uma grande oportunidade de conhecer uma cultura absolutamente distante sem ir muito longe.

fonte:http://spintravel.blogtv.uol.com.br/2009/11/29/agencia-baiana-oferece-cinco-dias-de-turismo-em-aldeia-indigena

Ismailon Moraes

Lago de Corumbá, em Caldas Novas, oferece série de opções aquáticas


Passeios de barco, pesca e Jet-sky estão disponíveis no lago de Caldas Novas, em Goiás, a 160 km de Goiânia. A cidade vem ganhando fama como pólo de turismo no centro-oeste brasileiro.

São 65 quilômetros quadrados de lago feito para o prazer, com paisagens que colocam muitas praias do litoral em segundo plano, além de servir a usina hidroelétrica Corumbá I.

Para quem visita a região, ir ao lago é passeio obrigatório, seja para se aventurar em esportes aquáticos ou para usufruir da orla de água doce. Sim, suas margens, que chegam a 100 km, foram transformadas em uma grande praia, com restaurantes e bares que são visitados durante todo o ano...

fonte:http://spintravel.blogtv.uol.com.br/2009/11/25/lago-de-corumba-em-caldas-novas-oferece-serie-de-opcoes-aquaticas

Ismailon Moraes

Feira Popular de Arte será retomada nesta segunda na Praça Pedro II


A Feira Popular de Arte, uma grande mostra da cultura popular piauiense está de volta. Na próxima segunda-feira (30), a Fundação Cultural do Piauí (Fundac) realizará na Praça Pedro II, a partir das 18h, o lançamento da famosa Feirinha, que irá acontecer duas vezes por mês a partir de dezembro.

Além de mostras de artesanato e culinária, o lançamento contará com uma apresentação do Balé Popular do Piauí, apresentando o espetáculo Boi Mimo de Santa Cecília, um boi espetáculo em homenagem a uma das expressões populares mais identitárias do povo piauiense, o bumba-meu-boi. Às 19h, será a vez do show do cantor e compositor Roraima, seguido do melhor do forró-pé-de-serra com o Trio Mandacaru.

A Feirinha começou a ser realizada pela Fundac durante os anos de 1980, todos os domingos, na Praça Saraiva, reunindo produtores artesanais, exposições plásticas, apresentações teatrais, musicais e das expressões tradicionais da cidade, além das barracas de bebidas e comidas típicas, criando assim um forte sentimento de valorização da cultura piauiense.

Quando resgatada em 2004, além dos componentes que já faziam parte da identidade da feira, agregou-se também, através de parcerias, a prestação de serviços de cidadania, como emissão de documentos, corte de cabelo, entre outros. E para que a Feira Popular de Arte volte a cumprir seu objetivo, que é levar aos bairros mostras de formação de arte, cultura e cidadania, a Fundac vem buscando parcerias com órgãos governamentais e associação de moradores.

A Feira Popular de Arte será realizada quinzenalmente, sendo uma semana na Praça Pedro II e outra em um bairro de Teresina, assim, além de garantir o acesso à toda a população em um ambiente central, também leva a todas as regiões da capital mostras da cultura local, como teatro, dança, música, artesanato, culinária e outros produtos típicos piauienses.

fonte:http://180graus.brasilportais.com.br/geral/feira-popular-de-arte-sera-retomada-nesta-segunda-268277.html

Ismailon Moraes

Decoração de Natal em Teresina

Decoração natalina do Palácio de Karnak impressiona os teresinenses



Mamãe Noel no Marquês
A casa está aberta ao público em geral para visitas diárias no bairro Marquês


Ismailon Moraes

Turista brasileiro ignora o destino Piauí


Um dia, quem sabe, o litoral e as inscrições rupestres piauienses atrairão os turistas brasileiros. Enquanto isso, em 2009, o Piauí foi o último destino escolhido ou pretendido para quem escolheu curtir a Região Nordeste. Apenas 0,8% escolheu o Estado, e apenas 0,6% cogitou conhecê-lo.

Bahia, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, nessa ordem, são os mais lembrados por quem faz turismo interno. Piores do que o Piauí na escolha só mesmo os Estados da Região Norte. A pesquisa do Ministério do Turismo denominada Hábitos de Consumo do Turismo Brasileiro 2009 foi realizada pela Instituto Vox Populi entre os dia 17 de junho e 7 de julho deste ano.

As informações foram coletadas por telefone com amostra de 2.322 entrevistas feitas com turistas atuais e potenciais maiores de 18 anos, das classes A, B, C, e D, residentes nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Florianopólis, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e Goiânia.

Mais de 70% dos paulistanos, cariocas, portoalegrenses, curitibanos, soteropolitanos, fortalezenses, recifenses e goianos costumam viajar nas férias. Mais de 60% dos florianopolitanos e mais de 50% dos belo-horizontinos fazem o mesmo. Em Brasília, chega a 86,6%. Dos clientes atuais, 45,1% procuram um hotel no local escolhido para fazer turismo. Viajam de avião cerca de 33%; de carro, 41%; de ônibus, 23%. Praia foi o roteiro preferido, indicado por 64,9%. Quase 80% viajam por conta própria, sem recorrerem a pacotes turísticos.

Nordeste
- A Região Nordeste foi o destino escolhido por 37,4%, seguido das demais regiões: 30,3% para o Sudeste; 21,2% para o Sul; 8,9% para o Centro-Oeste; 2,1% para o Norte. Para o Piauí, o último desembarque do Nordeste, apenas 0,8%. Os demais Estados: 11,6% para a Bahia; 7,8% para o Ceará; 5,9% para Pernambuco; 3,8% para o Rio Grande do Norte; 2,4% para Alagoas; 1,9% para a Paraíba; 1,9% para Sergipe; 1,3% para o Maranhão.

Como destino pretendido, a Região Nordeste sobe para 54,6%. O Piauí, continuando em último, cai para 0,6% da preferência. Já o Maranhão ultrapassa a Paraíba, Sergipe e Alagoas (2,3%; 1,5%; 1,4%, respectivamente). O interesse pela Bahia chega a 21,4%; por Pernambuco, 11,9%; pelo Ceará, 9,8%; e pelo Rio Grande do Norte, 4,4%. Mas, o Piauí até que melhorou. Em 2007, o interesse foi simplesmente zero, tanto na escolha quanto na pretensão.

fonte:http://www.acessepiaui.com.br/brasilia/turista-brasileiro-ignora-o-destino-piau/4504.html

Ismailon Moraes

Um tour pelos pontos turísticos do deserto doAtacama

O Atacama, uma extensa área desértica entre as águas frias do Pacífico e as monumentais cordilheiras dos Andes, oferece vários passeios para os turistas mais aventureiros e dispostos a conhecer uma das áreas mais diferentes da Amércia do Sul.


fonte:http://viagem.uol.com.br/ultnot/multi/2009/11/28/0402386EDCB17366.jhtm?um-tour-pelos-pontos-turisticos-do-deserto-doatacama-0402386EDCB17366

Ismailon Moraes

Jericoacoara terá aeroporto em 2011


A paradisíaca praia de Jericoacoara ganhará em breve um aeroporto. Com conclusão prevista para 2011, o novo aeroporto terá capacidade para 1200 decolagens por ano, podendo receber aviões como o A330, da Airbus, e o 767-300, da Boeing.

Com resursos do Ministério de Turismo e do Governo do Estado, o aeroporto será construído a 25 km da praia de Jeri, em Jijoca de Jericoacoara, e 30 km da cidade de Cruz. No total serão investidos R$ 54 milhões.

Oprojeto foi apresentado esta semana pelo secretário de Turismo do Ceará, Bismarck Maia.

fonte:http://roteiroceara.uol.com.br/blog-roteiro/jericoacoara-tera-aeroporto-em-2011/

Ismailon Moraes

Cultura Afro e Turismo de Base Comunitária aumentam renda de famílias cariocas


Aulas de moda étnica, artesanato, culinária africana, serigrafia, costura e cerâmica negra. Tudo no mesmo lugar e gratuitamente. Com apoio do MTur, em quatro meses, 250 moradores da Vila do João, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ), já participaram de oficinas de capacitação oferecidas pela ONG Ação Comunitária do Brasil. O projeto “Vila do João: uma fusão entre Brasil e África” está entre as 50 ações de TBC (Turismo de Base Comunitária) selecionadas em 2008 pelo edital nº 001/2008.

Durante as oficinas, os alunos aprendem a confeccionar produtos voltados para o setor turístico. De acordo com Ana Paula Degani, técnica do projeto, os cursos são direcionados para a gestão de empreendimentos baseados nos preceitos da economia solidária e do comércio justo, que valorizam e resgatam a cultura afro-brasileira, sobretudo a angolana, visando a promoção das culturas supracitadas. A Vila do João é a maior comunidade angolana do estado do Rio de Janeiro.

Segundo Degani, depois do término das oficinas, os alunos participam de um grupo produtivo em que dão continuidade ao trabalho em cooperação. “Incentivamos a formação desses grupos porque após o aprendizado sempre existe o desejo de criar, e os lucros são divididos igualmente”, explica a técnica. As confecções são expostas e comercializadas nos corredores culturais do Rio de Janeiro, no Shopping da Gávea e na Vitrine Social da ONG, que fica no centro da capital.

Com a capacitação, os turistas que visitam a Vila do João tem a oportunidade singular de conhecer o bufê Marea, especializado em culinária étnica; artigos de cerâmica negra da Maré; bonecas banto, feitas de retalhos e criadas em homenagem à beleza da figura negra; artigos de vestuário e de decoração em que são utilizadas técnicas de pintura típicas da África, como o Batik Tie-Dye; entre outros. As atividades resgatam a memória afro e fortalecem a identidade local, favorecendo a alteridade entre visitantes e anfitriões.

Ação comunitária

A Ação Comunitária do Brasil do Rio de Janeiro é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundada há 43 anos, com a missão de promover os direitos de cidadania de brasileiros que vivem à margem do desenvolvimento social, econômico e cultural do país.

Para conhecer ou encomendar os produtos da comunidade, acesse http://www.acaocomunitaria.org.br/.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/riodejaneiro/29417-culturaafroturismobasecomunitariarendacariocas.html

Ismailon Moraes

Cidade dominicana explora o ecoturismo

Quilômetros de praias inexploradas na República Dominicana vão se tornar destino para ecoturistas. Um grupo de cientistas e o governo local estão unindo forças para fortalecer e incentivar a iniciativa.


Ismailon Moraes

Novembro é marcado por eventos de promoção internacional do Brasil


Para completar as ações de promoção do turismo brasileiro neste mês, o executivo do Escritório de Promoção Turística do Mercosul no Japão, Laércio Branco, apresentou na última quinta-feira um seminário sobre o Brasil em parceria com a Agência Eurásia, em Tóquio, no Japão. Com o intuito de mostrar o Brasil para agentes de viagens, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) encerrou na última quarta-feira, na cidade de Salerno, na Itália, o roadshow da série de ações de divulgação do Brasil no mercado internacional. O evento foi acompanhado pela executiva do Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) na Itália, Liane Galina.

Só na última quinzena deste mês, os roadshows da Embratur percorreram 20 cidades divulgando o país nas Américas do Norte e do Sul, Europa e Ásia. Na semana passada, a promoção turística brasileira marcou presença na Escandinávia com o 2º Roadshow do Brasil, que passou pelas cidades de Oslo, Estocolmo e Helsink, entre os dias 16 e 18. No dia 17, o Roadshow do Brasil em parceria com a operadora alemã Meiers passou por Dusseldorf e Frankfurt para divulgar o país no mercado alemão e o executivo do EBT no Reino Unido, Glauco Fuzinatto, fez uma apresentação do Brasil, em parceria com a operadora Dial-a-Flight – Lótus Group, para o mercado britânico, em Londres.

No mesmo dia, a executiva do EBT na Alemanha, Margaret Grantham, participava dos Meetings Fórum Brasil e apresentava o destino Brasil durante evento da operadora South American Tours, em Frankfurt, para divulgar os destinos brasileiros para os alemães e a executiva do EBT na Itália, Liane Galina, promovia o roadshow em parceria com a operadora Igiesse nas cidades de Bologna e Reggio Emilia.

Para completar as ações da Embratur pelo mundo, a executiva do EBT em Portugal, Neila Araújo, ainda no dia 17, fez uma apresentação do Brasil para o mercado português, em parceria com o grupo Abreu, nas cidades do Porto e Lisboa e os executivos dos Escritórios Brasileiros de Turismo nas costas Leste (Miguel Jerônimo) e Oeste (Vilma Vargas) dos Estados Unidos promoviam um workshop sobre o Brasil em Nova York e Los Angeles.

Capacitar agentes e operadores de viagens a vender determinados segmentos e destinos brasileiros é um dos principais objetivos dos roadshows, workshops e seminários sobre o país promovidos pelo MTur, por meio da Embratur, no mercado internacional. Segundo Marcelo Pedroso, diretor de Produtos e Destinos do Instituto, as ações são oportunidades para expandir o conhecimento do mercado turístico internacional sobre o Brasil. “Com o apoio técnico dos Escritórios Brasileiros de Turismo são criadas oportunidades de negócios entre empresários brasileiros e estrangeiros, promovendo novos destinos e segmentos contribuindo para atrair turistas estrangeiros para o Brasil”, afirmou.

Os roadshows são destinados aos profissionais de turismo, com a distribuição de material técnico sobre o Brasil, seus produtos e destinos, além de apresentações sobre os segmentos turísticos que o País tem a oferecer para o mercado internacional.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/brasil/29424-novembroeventospromocaointernacional.html

Ismailon Moraes

República Dominicana e Brasil planejam promoção conjunta para o turismo


Autoridades brasileiras e dominicanas planejam uma promoção conjunta para fomentar o turismo nos dois destinos e ampliar o número de visitantes. A idéia foi debatida entre o ministro de turismo da República Dominicana, Francisco Javier Garcia, o embaixador da República Dominicana no Brasil, Héctor Dionisio Pérez, e o governador do Amazonas, Carlos Eduardo de Souza Braga, durante encontro recente, ocorrido em Punta Cana, na República Dominicana.

As autoridades firmaram compromisso de desenvolver ações conjuntas de promoção turística entre a República Dominicana e o Brasil. O objetivo é atrair turistas de dos Emirados Árabes e do Qatar que, durante o verão intenso, tiram até dois meses de férias.

Com o intuito de dividir este grande potencial de mercado, República Dominicana e Brasil criarão roteiros combinados de sol e praia na República Dominicana, e de turismo na selva Amazônica, além de outras possibilidades dentro do território brasileiro.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/geral/29426-republicadominicanabrasil-promocaoturismo.html

Ismailon Moraes

Ubrafe vai a Salvador para apresentação do Calendário 2010


Com o apoio da TAM e do Salvador da Bahia Convention e Visitors Bureau, através de seu Diretor Presidente, Mário Bruni, a Ubrafe (União Brasileira dos Promotores de Feiras) visita na próxima semana a cidade de Salvador, Bahia, para a apresentação do "Panorama das Principais Feiras de Negócios do Brasil em 2010" e também o Calendário Ubrafe - Edição 2010.

O evento acontecerá na próxima segunda-feira, dia 30 de novembro, a partir das 17h, na sala 03 do Centro de Convenções da Bahia. O evento, coordenado por Patrícia Matos e Paulo Gentil Matos, ambos do Salvador da Bahia Convention & Visitors Bureau, será apresentado por Alfredo Froés, executivo da Ubrafe.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/eventos/29427-ubrafesalvadorcalendario2010.html

Ismailon Moraes

Estudo destaca sucesso de ações de promoção do Brasil durante a crise financeira


O World Travel Market Trends Report, realizado pelo Euromonitor (um dos principais institutos de pesquisa em turismo do mundo), aponta as inovações e medidas pró-ativas realizadas pelos governos e iniciativa privada em 2009, com o objetivo de reduzir o impacto causado ao setor devido à crise econômica mundial.

A América Latina é citada no relatório como exemplo de região que busca o reposicionamento de destinos, com o investimento em produtos de luxo. E destaca as ações da Embratur para promover o setor, em parceria com a BLTA (Brazilian Luxury Travel Association), como a participação em feiras e realização de caravanas de familiarização para operadores especializados no nicho.

O estudo cita o acordo de cooperação assinado em julho, entre a Embratur e a BLTA, para promover produtos brasileiros de luxo em países como Estados Unidos, Itália, França, Portugal, Alemanha e Argentina. O objetivo é atrair visitantes que permanecem no destino oito vezes mais tempo do que o turista comum e gastam 20 mil dólares por viagem - enquanto a média é de 2,5 mil dólares, explica o relatório.

O crescimento do Brasil como destino de luxo já havia sido destacado pela prestigiada revista norte-americana Condé Nast, que incluiu cinco hotéis do País na lista dos melhores do nicho na América Latina: Unique, Pousada Maravilha, Kiaroa Eco-Luxury Resort, Ponta dos Ganchos e Kurotel. A maior aposta do Brasil é a biodiversidade, tendo em vista o interesse crescente de produtos eco-luxuosos, que reúnem condições para atender o desejo do turista em conviver com a natureza em um ambiente de luxo.

Promoção conjunta Brasil – Argentina

O fim da banda tarifária em passagens aéreas para voos nacionais e internacionais. O aumento da malha aérea entre o Brasil e o Oriente Médio, entre 2008 e 2009, também foi reportado pelo Euromonitor, devido ao alto potencial deste mercado - que emite turistas com altos gastos em viagens.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/brasil/29430-estudosucessopromocaobrasilcrise.html

Ismailon Moraes

Brasil se consolida como um dos principais destinos de ecoturismo do mundo


Em um País imenso e tropical como o Brasil, não faltam florestas, parques, cânions, grutas, corredeiras e arquipélagos. Por causa desses cenários paradisíacos, muitas pessoas apostam em uma tendência mundial e ainda maior no Brasil por seus potenciais naturais: o ecoturismo. Aqui, o turismo ecológico cresce mais que o regular. Em 2008, a Abeta (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) estima que o lucro do setor tenha sido de R$ 490 milhões.

Os destinos brasileiros estão entre os mais desejados do mundo. Um dos mais famosos é a Chapada dos Veadeiros (GO), ponto de encontro de praticantes de rafting, rapel, canionismo, ciclismo e trekking. Outro, bastante procurado por suas cachoeiras, paredões, canions, lagoas, cavernas e sítios arqueológicos, é a Chapada dos Guimarães (MT). Ainda no centro-oeste, destacam-se o Jalapão e o próprio Pantanal, onde, além das atividades “tradicionais”, pode-se praticar mergulho.

No nordeste, o destaque é o mergulho no arquipélago de Abrolhos (BA) e em Fernando de Noronha (PE). Pelo fato da pesca ser proibida, é possível identificar uma vida marinha bastante diversa. Já a Chapada Diamantina (BA) e os Lençóis Maranhenses (MA), o maior deserto de areia do Brasil, são muito procurados para trekking.

Mas não é apenas nessas duas regiões que há destinos interessantes. No sul, por exemplo, a concentração de cânions é grande: os cânions do Itaimbezinho e da Fortaleza (entre o RS e SC), com até 900 metros de profundidade são os mais famosos e se localizam no Parque Nacional dos Aparados da Serra. Além disso, o internacionalmente conhecido Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu (PR) é indicado para a prática do rapel, escalada e rafting.

“Com tantas atrações, não é pra menos que o País tenha sido considerado o melhor destino de turismo de aventura pela revista National Geographic nesse ano e que a seção de ecoturismo seja uma das mais acessadas do www.itrip.com.br/destinos/ecoturismo", avalia Morize.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/brasil/29431-brasilprincipaisdestinosecoturismo.html

Ismailon Moraes

Governo do Ceará investe R$ 155 milhões em duas macroestruturas turísticas


O secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, apresentou nesta quinta-feira (26) para a imprensa dois grandes projetos estruturantes que, aliados a outras importantes obras , colocarão o Ceará num patamar diferenciado no setor de turismo do país.: o aeroporto do polo de Jericoacoara e o saneamento do Porto das Dunas. Para a execução das duas obras, serão investidos recursos da ordem de R$ 155,4 milhões, das fontes Ministério do Turismo e Tesouro do Estado.

O novo aeroporto servirá ao polo turístico de Jericoacoara e será um equipamento fundamental para o aumento do número de turistas no Ceará. O equipamento - localizado no litoral oeste do Ceará, precisamente a 30 km da sede do município de Cruz e a 25 km da praia de Jericoacoara -, terá também a função específica de comércio exterior ao facilitar o transporte de flores cultivadas na Serra da Ibiapaba .

Com área total de 3.517,45 metros quadrados e pista de 2.200 metros por 45 metros, o aeroporto terá a capacidade de operar cerca de 1.200 decolagens por ano e estará apta a receber aeronaves tipo Airbus A-330 ou Boeing 767-300 E. Serão investidos R$ 54 milhões na obra , a qual terá prazo de aproximadamente 1 ano e meio para ser concluída.

A obra será executada em duas fases. A primeira consistirá na elaboração do projeto executivo, e a segunda fase compreenderá a execução dos serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem e sinalização horizontal. O grande diferencial deste projeto é o terminal de passageiros, que terá característica bem regional com o telhado de taubilha (telha de madeira).

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/estados/29434-governo-do-ceara-investe-r-155-milhoes-em-duas-macroestruturas-turisticas.html

Ismailon Moraes

Decreto de concessão de aeroportos será apresentado a Lula em dez dias


O ministro da Defesa, Nelson Jobim, anunciou na última quinta-feira que vai apresentar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos próximos dez dias um decreto com o modelo de concessão de aeroportos. Segundo ele, o processo de concessão dos aeroportos, que deve começar antes da Copa do Mundo, não será atrasado pelas eleições.

“Não se pode confundir eleição com a necessidade de infraestrutura para o País. Está tudo sob controle. A Infraero está fazendo as obras e reformas necessárias para que isso [concessão] ocorra”. O decreto prevê um leque de opções de concessão, entre elas a por outorga, em que o valor pago seria destinado a um fundo para financiar os aeroportos deficitários e as malhas regionais de aviação sob administração do governo.

“O decreto possibilita também a concessão de construções de terminais de carga, de passageiro, a existência de um terminal específico para apenas uma empresa aérea. Uma espécie de subsídio transversal.”

O ministro informou que a formulação do decreto foi complexa e que foi necessário fazer um levantamento de modelos em outros países com experiência sobre o assunto. Ele informou que há ainda problemas pendentes como a limitação de voos do Aeroporto Santos Dummont imposta pelo governo do estado e que, segundo ele, foi um equívoco. “O que acarretou a redução da possibilidade do Rio ter mais disponibilidades. E gerou um crescimento enorme no Aeroporto de Viracopos em São Paulo.”

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/aviacao/29419-jobimdecretoconcessaoaeroportos.html

Ismailon Moraes

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Serras Nordeste será apresentado em seminário na FAP


O seminário é organizado pelos alunos matriculados na disciplina de Organização e Gestão de Eventos.Na próxima segunda-feira (30), o gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Comércio e Serviços do Sebrae no Piauí, Gilson Vasconcelos, proferirá palestra sobre o Roteiro Serras Nordeste – Entre Parques e Opalas. A palestra, que acontece dentro da programação do Seminário Integrador Serras Nordeste da Faculdade Piauiense, FAP, será às 18h30 no prédio dessa instituição de ensino, localizado na zona leste de Teresina.

O seminário é organizado pelos alunos matriculados na disciplina de Organização e Gestão de Eventos, ofertada pela faculdade no sexto período do Curso de Bacharelado em Turismo.

“Esse seminário será um dos componentes de avaliação da disciplina, sendo de grande importância para os futuros turismólogos. Na ocasião, eles vão conhecer como funciona esse roteiro integrado, já que o compartilhamento de equipamentos e atrativos turísticos é uma tendência amplamente incentivada pelo Ministério do Turismo”, explica o coordenador do Curso de Turismo da FAP, Ricardo Gomes Ramos.

O Roteiro Serras Nordeste envolve as cidades de Pedro II, Piripiri e Piracuruca, no Piauí; e Tianguá, Ubajara e Viçosa, no Ceará, todas localizadas na região serrana que liga os dois Estados.

“Esse roteiro foi criado para mostrar aos turistas um outro lado do Nordeste, que não seja só o tradicional sol, praia e mar. O novo roteiro passa por cachoeiras, grutas, minas de opala, estruturas arquitetônicas que remetem à época colonial, entre outras belezas. São locais ideais para quem procura clima ameno e muita tranqüilidade”, explica o gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Comércio e Serviços do Sebrae no Piauí, Gilson Vasconcelos.

O Serras Nordeste é uma iniciativa das unidades do Sebrae no Piauí e no Ceará, tendo apoio dos governos estaduais, do Programa de Regionalização do Turismo do Ministério de Turismo e das prefeituras dos municípios envolvidos no roteiro.

fonte:http://www.180graus.brasilportais.com.br/geral/serras-nordeste-sera-apresentado-em-seminario-267372.html

Ismailon Moraes

Estudo destaca ações de sucesso na promoção do Brasil


O World Travel Market Trends Report, realizado pelo Euromonitor (um dos principais institutos de pesquisa em turismo do mundo), aponta as inovações e medidas pró-ativas realizadas pelos governos e iniciativa privada em 2009, com o objetivo de reduzir o impacto causado ao setor devido à crise econômica mundial.

A América Latina é citada no relatório como exemplo de região que busca o reposicionamento de destinos, com o investimento em produtos de luxo. E destaca as ações da Embratur para promover o setor, em parceria com a Brazilian Luxury Travel Association (BLTA), como a participação em feiras e realização de caravanas de familiarização para operadores especializados no nicho.

"O fato de o Euromonitor mencionar o trabalho da Embratur mostra a importância de seguirmos investindo em promoção e apoio à comercialização mesmo em momentos difíceis", aponta a presidente da Embratur, Jeanine Pires.

Os dois maiores eventos esportivos do mundo foram apontados pelo Euromonitor, como a "chave para o crescimento" do turismo no Brasil. "Além de atraírem estrangeiros e implicarem na circulação da própria população brasileira dentro do País, a Copa 2014 e as Olimpíadas 2016 trazem uma grande exposição de imagem e impactam a opinião sobre o país e seu futuro como destino turístico e de eventos", finaliza Jeanine Pires.

fonte:http://www.mercadoeeventos.com.br/script/FdgDestaqueTemplate.asp?pStrResolucao=1024&pStrLink=3,29,0,51864&IndSeguro=0

Ismailon Moraes

1º Salão do Turismo do Maranhão foca na promoção dos pólos turísticos


O 1º Salão do Turismo do Maranhão foi aberto oficialmente na noite de hoje (25/11) no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana e Multicenter Sebrae em São Luís. "A prioridade do meu governo é o turismo. O Maranhão tem diversas belezas naturais, a capital é patrimônio histórico da humanidade. Temos que promover tudo isso para o Brasil e para o mundo", afirmou a governadora do Estado, Roseana Sarney. O evento, que tem entrada gratuita, conta com 51 estandes e acontecerá até o dia 28 de novembro.

"O objetivo é que o Salão seja anual. Nós participamos de muitos eventos promovendo nosso destino no Brasil e no mundo, mas essa é uma oportunidade de promovê-lo aqui e de dar a oportunidade dos profissionais demonstrarem seus pacotes e atrativos de outras regiões em nosso estado", contou Tadeu Palácio, secretário estadual de Turismo do estado, ao MERCADO & EVENTOS, um pouco antes da solenidade de abertura começar.

Ele ainda falou sobre os números do evento. "Trouxemos mais de 40 agentes e operadores e dez jornalistas de outros estados. Esperamos mais de 20 mil pessoas nos quatro dias de eventos". afirmou ele.

Segundo o secretário, o Maranhão precisa divulgar os pólos turísticos que possui, os quais estão divididos por região no Salão do Turismo. "Temos o pólo de Lagos e Campos Floridos, e pretendemos que o nome mude para Pantanal Maranhense, por sua característica natural. A divulgação na Chapada das Mesas também é uma das prioridades".

Tadeu explica que o principal desafio a ser vencido no Maranhão é o do transporte. "O estado precisa ter meios de locomoção que facilitem a visitação aos locais turísticos. Colocar um aeroporto em Barreirinhas (portal de entrada para os Lençóis Maranhenses) é uma necessidade e um objetivo. Da capital São Luís até a cidade são três horas de carro, de avião, apenas 15 minutos", afirma ele.

No Salão há oito espaços de atividades, sendo a área de comercialização, reuniões técnicas, aprendiz de turismo, mostras de gastronomia, cultura popular e artesanato acontecendo no Multicenter Sebrae e Núcleo do Conhecimento com palestras, mesas redondas, apresentação de trabalhos funcionando no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. O evento tem mostra de arte e também artesanto regionais.

fonte:http://www.mercadoeeventos.com.br/script/FdgDestaqueTemplate.asp?pStrResolucao=1280&pStrLink=3,27,0,51791&IndSeguro=0

Ismailon Moraes

Braztoa: operadoras devem vender 10% a mais no turismo doméstico


Pacotes mais baratos tanto pra quem viajar pelo Brasil como para quem quer visitar destinos internacionais no Réveillon e nas férias. No doméstico, as vendas são, em média, 10% superiores às do ano passado. No internacional, devem empatar, senão superar, o que se vendeu em 2008. Esta é a constatação da maioria dos associados Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), entidade que reúne 76 operadores e representantes de destinos e produtos turísticos. Neste setor, a crise também já está superada.

A explicação é simples. O mercado das operadoras de turismo vive agora um momento bem diferente de um ano atrás. Nesta mesma época, em 2008, a crise mundial tinha apenas dois meses e não se era capaz de prever suas conseqüências para o setor. A explosão do dólar fez com que a maioria dos brasileiros que ainda não tinham comprado sua viagem para o exterior preferissem destinos nacionais. Como boa parte do internacional havia sido vendida com antecedência, assentos de aviões ficaram lotados para todos os destinos. Os preços das viagens internacionais despencaram e continuam sendo um atrativo pra quem quer passar o Réveillon ou as férias no exterior. “No ano passado o consumidor comprou com antecedência, o que este ano não acontece”, diz o diretor da Braztoa, Plínio Nascimento, lembrando que quase não há mais pacotes disponíveis para a virada do ano. Já para janeiro e fevereiro, as opções são bem maiores. O mercado prevê, portanto, vender o mesmo que em 2008, senão mais. Isso dependerá do destino que o brasileiro escolher para as suas férias.

A disputa de preço do internacional é forte com o turismo doméstico, que ao longo de 2009 apresentou valores muito atrativos em seus pacotes. Queda nas passagens aéreas e promoções na hotelaria mantiveram o mercado aquecido e explicam o crescimento agora para o verão. O Nordeste, claro, continua sendo um destino disputado para quem procura sol e praia. Como na temporada anterior, diversas operadoras vêm oferecendo voos fretados para estados nordestinos a partir do feriado de Natal até o Carnaval, na metade de fevereiro. Pode-se pagar por viagens o mesmo que um ano atrás, uma razão forte para o consumidor optar por ficar no Brasil. Os associados Braztoa, segundo seu presidente, José Eduardo Barbosa, enfrentaram um primeiro semestre quase estagnado, onde os efeitos da crise, além de gripe suína e enchentes no País, frearam as vendas: “Este segundo semestre foi de retomada e o verão promete ser positivo tanto para quem vende quanto para quem viaja. É hora de aproveitar os bons preços”.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/agviagens/29389-braztoaoperadorasdomestico.html

Ismailon Moraes

Comitê Descubra Brasil completa cinco anos no Paraguai


O Comitê Descubra Brasil no Paraguai acaba de completar cinco anos de existência. Para comemorar, o grupo constituído pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), operadoras de turismo, agências de viagens e transportadoras realizou um coquetel no último dia 19. O evento promovido no Centro Cultural da Embaixada do Brasil no Paraguai contou com a presença de 120 pessoas, entre elas, operadores de turismo, representantes de empresas aéreas e agentes de viagem paraguaios.

O embaixador do Brasil no Paraguai, Eduardo dos Santos, deu as boas vindas aos convidados e apresentou as atividades desenvolvidas pelo Comitê no Paraguai - seminários de capacitação, palestras especializadas e cursos online, e ressaltou a campanha publicitária realizada pela Embratur para promover os destinos do Brasil naquele país.

Em seguida, o presidente do Comitê, Victor Pavón, detalhou os resultados obtidos nestes cinco anos de trabalho e destacou o papel da Embaixada na coordenação e execução das atividades do Comitê Descubra Brasil no Paraguai que hoje conta com 30 membros.

Pavón aproveitou a ocasião para lembrar aos agentes de viagem os grandes eventos internacionais que irão acontecer no Brasil nos próximos anos, como a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, e ressaltou o bom momento para aumentar o fluxo de turistas paraguaios nos destinos brasileiros.

Para o executivo do Escritório Brasileiro de Turismo na América do Sul, João Carlos Vasconcellos, o trabalho realizado pelos Comitês, hoje presentes na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Equador, são de grande importância para a promoção turística do Brasil nos países vizinhos. “No caso do Paraguai, ressaltamos a sinergia entre a embaixada e as empresas que compõem o grupo, que realizam um trabalho contínuo e que, ao longo desses cinco anos, trouxe resultados nítidos”, disse o executivo.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/brasil/29387-comitedescubrabrasilcincoanos.html

Ismailon Moraes

Turismo investe um milhão de euros para promover Portugal no Brasil


O Turismo de Portugal e a TAP estão a investir um milhão de euros em publicidade no Brasil para promover Portugal enquanto destino turístico. A campanha, que visa divulgar Portugal em alguns dos principais meios da imprensa, como internet, televisão e rádio brasileiros, teve início no dia 19 de novembro e prolonga-se até final de dezembro.

Os promotores esperam que a campanha, que adapta ao mercado brasileiro o conceito "Descubra um Portugal Maior", seja vista por cerca de 22 milhões de pessoas. O objetivo do Turismo de Portugal e da TAP é aumentar a notoriedade do destino, convidando os turistas brasileiros a descobrir a riqueza cultural, natural e patrimonial do país.

Entre janeiro e setembro deste ano, os turistas brasileiros geraram 446 mil dormidas em Portugal e, no ano passado, o Brasil foi o oitavo mercado mais importante para o turismo português, consolidando a sua posição no Top 10 das origens de turistas internacionais. A TAP liga diariamente Portugal ao Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Natal, Fortaleza e Recife

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/geral/29391-turismo-investe-um-milhao-de-euros-para-promover-portugal-no-brasil.html

Ismailon Moraes

Presidente da Câmara se compromete na urgência para aprovação de projetos de turismo e esporte


Durante o 11º CBratur (Congresso Brasileiro da Atividade Turística), o presidente da CTD (Comissão de Turismo e Desporto), deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) solicitou ao presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, urgência na aprovação no plenário dos projetos que estão tramitando na área de turismo e esporte que irão facilitar a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016.

Na oportunidade, o presidente reafirmou o apoio da Casa à preparação para os dois eventos esportivos, que na sua avaliação, esses dois grandes eventos esportivos mundiais são indutores do turismo nacional.

Hamm destaca que os principais projetos que necessitam ser aprovados é o PL 5120/01, que regulamenta o mercado de agências de turismo; o PL 3059/2008 - que simplifica a concessão de vistos de turismo para o Brasil e o Projeto de Lei 5186/2005 que altera a Lei Pelé (5186/05), destinando mais recursos para o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), para o esporte escolar e universitário e para clubes formadores - tanto de futebol quanto de todos os esportes olímpicos. O presidente da CTD comenta que esses projetos estão prontos para a pauta no plenário.

O deputado Afonso Hamm ainda comentou durante ao presidente a aprovação na CTD para apresentação à LOA 2010 na CTD, a emenda de R$ 1 bilhão para esportes e R$ 1 bilhão para o turismo.Temer confirmou que vai acelerar a inclusão de pauta desses projetos.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/legislativo/29413-presidentecamaraprojetosturismoesporte.html

Ismailon Moraes

Trem de 1916 vira atração turística em Cuba

Um trem antigo, da época do domínio americano sobre Cuba, ainda funciona em Havana, mas é tido como uma atração turística. O trem Hershey, em referência à empresa de chocolate que financiou sua construção, tem quase um século desde que foi inaugurado, e leva milhares de cubanos todos os dias ao trabalho.


Ismailo Moraes

Salvador é referência nordestina de partida e chegada de cruzeiros marítimos


Salvador é referência nordestina de partida e chegada de cruzeiros marítimos

As operações de embarque e chegada de cruzeiros consolidam a capital baiana como um polo da atividade no Nordeste. O Porto de Salvador agora é ponto de partida e chegada de cruzeiros marítimos. Nesta quinta-feira (26), o navio MSC Melody partirá da capital baiana com 1.550 pessoas a bordo para uma viagem de três noites com destino às cidades de Recife e Maceió. Já na sexta-feira, um outro navio sairá do Porto do Comércio para um cruzeiro de seis noites, incluindo no roteiro a cidade de Fortaleza.

As operações de embarque e chegada de cruzeiros consolidam a capital baiana como um polo da atividade no Nordeste.Para o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, o fato de Salvador passar a ser ponto de partida e chegada das embarcações é muito importante para a economia da cidade. “Isso fará com que muitas pessoas pernoitem na capital, o que é muito significativo para a cadeia produtiva do turismo”, avalia.

Segundo informações da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), 37 transatlânticos aportarão na capital até maio de 2010, com 150 escalas e um número expressivo de 320 mil pessoas nesses cruzeiros. Já no Porto de Ilhéus, cidade de grande importância no apoio turístico do estado, nove transatlânticos aportarão, com previsão de 43 escalas e 100 mil passageiros.

O aumento do número de passageiros nesta temporada é de 28% em relação ao último ano. Em 2008, foram contabilizadas 110 escalas com mais de 250 mil passageiros no porto da capital.

fonte:http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/turismo/transporte-maritmo-e-fluvial/salvador-e-referencia-nordestina-de-partida-e-chegada-de-cruzeiros-maritimos-10918.asp

Ismailon Moraes

Maior navio de cruzeiro do mundo vai fazer viagem de inauguração em dezembro

O maior navio de cruzeiro do mundo, o Oasis of the Seas, está sendo preparado para a viagem inaugural no mês que vem.

O navio da Royal Caribbean custou um bilhão e meio de dólares e vai começar a levar passageiros para cruzeiros a partir da Flórida em dezembro.

Tudo na embarcação tem proporções gigantescas. Ele tem capacidade para 6 mil turistas pesa mais de 225 mil toneladas e um dos corredores mede mais de 1,5 quilômetro.

Além disso, quem viajar no Oasis of the Seas pode assistir espetáculos em um anfiteatro com 750 lugares, nadar em 21 piscinas, passear em um shopping centre ou em um parque com árvores e plantas, patinar no gelo e, é claro, fazer apostas em um cassino.


fonte:http://viagem.uol.com.br/ultnot/bbc/2009/11/26/ult4549u471.jhtm

Ismailon Moraes

Organização Mundial de Turismo prevê ano difícil em 2010


O presidente da Organização Mundial de Turismo (OMT), Taleb Rifai, advertiu nesta quinta-feira que 2010 será um ano difícil e que o desemprego vai aumentar de forma "alarmante" no mundo.

No painel "Turismo: vencer em concorrência", realizado nesta quinta dentro do 35º Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens (Apavt), Rifai lembrou que a crise econômica mundial é a "principal causa do declínio da procura turística internacional".

A crise, segundo o presidente da OMT, tornará 2010 um ano "muito difícil" para o setor e, mesmo que exista revitalização e crescimento, isso não significa mais emprego. "O desemprego vai se tornar alarmante, porque vai aumentar. O crescimento não significa que há mais emprego", afirmou Rifai em Vilamoura.

Segundo ele, a "indústria do turismo não precisa de apoios e subsídios", mas também "não precisa de mais impostos". Além disso, o presidente da organização defendeu que é urgente garantir que os pacotes de estímulo contenham políticas de incentivo às economias.

O dirigente da OMT disse que outro fator que contribuiu para a crise no setor está relacionado com a gripe A (H1N1).Apesar de defender que as comunidades internacionais "estavam bem preparadas para lidar com esta crise", Rifai lembrou que a pandemia ainda "não terminou".Segundo ele, a organização planeja uma reunião para fevereiro de 2010 com todos os ministros de turismo do G20 (que reúne os países mais ricos e principais emergentes).Rifai defende que o setor turístico tem de ter mais peso no mundo: "Se quando há um problema com a indústria automobilística ou dos seguros o mundo entra em pânico, o mesmo tem de acontecer com a indústria do turismo", argumentou.

fonte:http://viagem.uol.com.br/ultnot/lusa/2009/11/26/ult3642u447.jhtm

Ismailon Moraes

Europa quer aumentar proteção em sites de turismo


A União Europeia estuda ampliar as regras para sites que vendem pacotes de viagens, em medida que visa proteger melhor o consumidor das falhas de agências de turismo.

O plano é uma resposta ao enorme aumento no número de pessoas que reservam viagens online, especialmente os chamados "pacotes dinâmicos", em que passagens de avião, hotel, locação de carros e outros serviços de agências diversas são todos comprados pelo mesmo site.

Os pacotes dinâmicos representam um terço de todas as vendas de viagens feitas na Europa, que em 2008 geraram um total de 246 bilhões de euros (370 bilhões de dólares), fazendo do continente o maior mercado de turismo regional do mundo, segundo a Comissão Europeia, braço executivo da UE.

As regras para pacotes de viagens da UE datam de 1990 --antes do advento da Internet-- e protegem o consumidor de perdas, cancelamentos e da falência de companhias aéreas, mas apenas nos casos em que passagens, hotel e outros serviços são contratados por uma mesma empresa. O número de cidadãos da UE que contratam pacotes dinâmicos em sites como Expedia e Opodo tem crescido rapidamente nos últimos dois anos, chegando a mais de 100 milhões de pessoas, segundo estatísticas divulgadas pela Comissão.

O processo envolve a compra de passagens através de um site, que geralmente redireciona o consumidor para outro site, onde pode fazer sua locação de carro e reserva de hotel e outros serviços. Na Irlanda e na Suécia, cerca de 45 por cento de consumidores hoje planejam suas viagens com pacotes dinâmicos, muitas vezes sem perceber que ficam muito menos protegidos contra perdas do que com pacotes tradicionais.

fonte:http://viagem.uol.com.br/ultnot/reuters/2009/11/26/ult3643u511.jhtm

Ismailon Moraes

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Movimento no Aeroporto de Teresina cresce 25%


O movimento no Aeroporto de Teresina aumentou quase 25% entre os meses de janeiro e outubro deste ano, com relação ao mesmo período de 2008, segundo dados da INFRAERO – Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária. Já no terminal de Parnaíba, também administrado pela estatal, foi constatado um crescimento na casa dos 22 pontos percentuais.

Cerca de 449 mil passageiros embarcaram ou desembarcaram na capital piauiense até o final do mês de outubro de 2009, contra 338 mil no ano passado. Entretanto, houve uma redução no volume de cargas transportadas a partir do aeroporto, passando de 2,9 toneladas em 2008 para 2,4 toneladas este ano.

Em Parnaíba, o número de passageiros passou de 1.379 para 1.781 no comparativo entre os dois anos. O Aeroporto Prefeito Dr. João Silva Filho é o único terminal internacional do Piauí e uma das principais portas de entrada para a ‘Rota das Emoções’, zona turística que compreende os estados do Piauí, Ceará e Maranhão.

fonte:http://www.acessepiaui.com.br/geral/movimento-no-aeroporto-de-teresina-cresce-25/8053.html

Ismailon Moraes

Passeio Público de Fortaleza



Visita ao Passeio Público em Fortaleza.


Ismailon Moraes

Copa e Olimpíadas despertam investimentos hoteleiros no Brasil


A realização dos dois grandes eventos internacionais, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, está despertando o investimento e a abertura de novas unidades hoteleiras no Brasil. Um dos investidores é a Sotheby’s International Realty, com escritórios em Atlanta (EUA), Londres, Portugal, Grécia, Alemanha e África do Sul, e que vai enviar os representantes ao Brasil para que nos próximos meses verifiquem quais as oportunidades no setor imobiliário de luxo no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Também o grupo Jumeirah planeia abrir os primeiros hotéis da cadeia no Brasil, “pois nesta fase o Brasil é um mercado considerado saudável e robusto, com uma boa oferta e com a dinâmica necessária para a o qual é considerado por nós como top priority”, refere James Erlacher, vice-presidente do grupo, da área de desenvolvimento para as Américas no Dubai.

Para o Jumeirah a prioridade passa por operar hotéis em São Paulo e Rio de Janeiro e também o segmento dos resorts “principalmente na região Nordeste do País”, disse Erlacher.O grupo Four Seasons prevê chegar a acordo com os responsáveis de três projetos para os próximos 18 meses, incluindo hotéis em São Paulo e Rio de Janeiro e um resort de praia, referiu Alinio Azevedo, diretor da cadeia hoteleira.

“O número de pessoas num País como o Brasil (192 milhões) é sempre tido em conta e permite-nos compreender melhor como é que a criação de riqueza tem decorrido neste País nos últimos oito a dez anos”, referiu Azevedo ao falar sobre as oportunidades de investimento no setor imobiliário e do turismo no Brasil.

Este grupo hoteleiro concluiu que o número de hóspedes brasileiros no Four Seasons Hotels and Resorts é crescente, assim como as reservas que estão a receber para o Rio de Janeiro e São Paulo, refere Alinio Azevedo.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/hotelaria/29349-copaolimpiadasinvestimentoshoteleiros.html

Ismialon Moraes

Estrangeiros gastam US$ 451 milhões em outubro no Brasil


Os turistas estrangeiros gastaram US$ 451 milhões em outubro no Brasil, 6,05% menos que no mesmo mês de 2008. Os dados foram divulgados na última terça-feira pelo BC (Banco Central).

No dos dez primeiros meses de 2009, a receita é de US$ 4,32 bilhões, valor 10,28% inferior ao registrado no mesmo período do ano anterior.

Ainda assim, é o segundo melhor resultado da série histórica do BC, tanto para o mês de outubro quanto para o acumulado do ano, ficando atrás apenas de 2008, considerado um ano excepcional para o turismo internacional no Brasil.

Na outra ponta, os gastos dos brasileiros no exterior também foram menores. No acumulado dos dez primeiros meses de 2009, essas despesas caíram 10,87% na comparação com o ano passado.O cálculo do Banco Central inclui trocas cambiais oficiais e gastos em cartões de crédito internacionais.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/economia/29350-estrangeirosgastosoutubrobrasil.html

Ismialon Moraes

Cbratur tem inicio com debates sobre a Copa do Mundo 2014


A Copa do Mundo de Futebol de 2014 e a oportunidade de desenvolvimento economico e turístico do Brasil são os assuntos principais discutidos no XI Cbratur (Congresso Brasileiro da Atividade Turística), realizado nesta quarta-feira, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Abertura do evento, que tem como tema “O Poder Legislativo fazendo parte do time da Copa de 2014, contou com a presença de representantes do Poder Executivo, como o ministro dos Esportes, Orlando Silva, do Poder Legislativo, como o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), como o vice-presidente Weber Magalhães, além de reunir lideranças do trade turístico nacional e parlamentares envolvidos com o setor.

De acordo com o ministro dos Esportes, a Copa pode induzir o desenvolvimento regional do País e se tornar uma referencia para o fortalecimento da economia nacional, além do incremento de aspectos determinantes, como a infraestrutura, a prestação de serviços e a geração de empregos. “Com a Copa, o País entra de vez na rota dos grandes eventos mundiais e isso é bom para o turismo, esporte e para a economia nacional. A conquista da Copa também abriu a possibilidade para o País sediar as Olimpíadas”, disse Orlando Silva.

O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer defende que o desenvolvimento da atividade é importante para o País como um todo e que a Copa será a oportunidade de acelerar investimentos estruturantes para as sedes. Mudanças que ficarão de legado para o País após a realização do evento.“É necessária a conexão do turismo com obras de infraestrutura e investimentos para que, após o evento, o turismo seja um dos fatores de desenvolvimento do País”, afirmou.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/destaques/29372-cbratur-tem-inicio-com-debates-sobre-a-copa-do-mundo-de-2014.html

Ismailon Moraes

Ministro diz que governo vai apresentar em dezembro PAC da Copa do Mundo


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai anunciar em dezembro o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Copa do Mundo, no valor aproximado de R$ 5 bilhões. A informação foi divulgada pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes, durante a abertura da Convenção Mobilidade Sustentável na Renovação Urbana, que ocorre até a próxima quinta-feira no Rio.

"Ontem (terça-feira) terminamos a última rodada com todas as cidades-sedes para definir quais projetos serão objeto de apoio nosso, por meio do financiamento de recursos do Pró-Transporte, ou seja, recursos do Fundo de Garantia. Estaremos discutindo com o presidente essa posição, para ser anunciada por ele no início ou em meados de dezembro."

Segundo Fortes, o ministério dispõe de cerca de R$ 5 bilhões para financiar projetos nas 12 cidades, desde corredores exclusivos de ônibus até projetos de monotrilho, como é o caso de São Paulo.

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/governo/29368-ministrogovernopaccopa2014.html

Ismailon Moraes

Turismo: Congresso da APAVT debate crise das viagens


"Turismo: Vencer em Concorrência", é o tema do congresso da Associação das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que decorre de 26 a 29 de Novembro no Hotel Tivoli Marina, em Vilamoura. "Quando vimos a crise a aproximar-se, decidimos que o congresso teria de ser no Algarve, o que será também um incentivo ao mercado interno", faz notar João Passos, presidente da APAVT.

Uma das novidades do congresso da APAVT é a intervenção do ministro da Economia, José Vieira da Silva, no âmbito do painel "Qualificar para Vencer", agendado para a manhã de sexta-feira, dia 27. Aguardada com grande expectativa, é também a intervenção do secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Taleb Rifai. "Num ano de grande turbulência económica, é interessante ver o que o secretário-geral da OMT irá dizer acerca de Portugal", refere João Passos.

O presidente da APAVT destaca também neste congresso o Forum Portugal, que decorre na tarde de quinta-feira, dia 26, onde participam operadores turísticos internacionais, como a Tui ou a Olimar, além de agentes de viagens da Irlanda, Escandinávia, Polónia ou Rússia. "É interessante ter a visão dos operadores estrangeiros e pode ser uma grande janela de oportunidades", sustenta João Passos.

Segundo o responsável da associação portuguesa das agências de viagens, "o balanço de 2009 é claramente negativo" e o mês de Outubro revelou-se pior do que se esperava, com quebras de 18% nas vendas de bilhetes de avião, segundo o índice BSP (Billing Settlement Plan).

"Foi a gripe, foi o dengue, foi a recessão económica", resume o responsável da APAVT, referindo que "quem trabalha no turismo está habituado e lidar sempre com problemas". João Passos salienta que "por causa da gripe muitos portugueses deixaram de fazer viagens" e sustenta que "houve um empolamento exagerado a propósito da gripe A".

fonte:http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias/eventos/29375-turismo-congresso-da-apavt-debate-crise-das-viagens.html

Ismailon Moraes

Secretaria de Turismo realiza inventário na Praia do Coqueiro


O objetivo é diagnosticar condições estruturais e a qualidade da oferta de serviço turísticoA Secretaria do Turismo do Piauí (Setur) realiza, desde esta quarta-feira (24) o inventário da oferta turística, na Praia do Coqueiro. Os eventos seguem até esta quinta-feira (25). O objetivo é diagnosticar condições estruturais e a qualidade da oferta de serviço turístico, além de observar quantos e quais equipamentos turísticos estão sendo utilizados na Praia do Coqueiro.

Durante os dois dias a turismóloga da Setur, Ana Cristina Freitas, fará um levantamento sobre a qualidade dos serviços prestados na região, juntamente com o engenheiro do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur), Rômulo Reis, que será responsável pela análise da estrutura desses ambientes.

De acordo com a turismóloga, Ana Cristina, o objetivo do inventário é avaliar como estão sendo realizados serviços turísticos na Praia do Coqueiro e as condições em que esses serviços estão sendo prestados.

Ainda segundo Ana Cristina, o trabalho da Setur é estruturar e qualificar os pontos e serviços turísticos do Estado, para que estes possam satisfazer as necessidades turísticas e desenvolver o turismo no Piauí, identificar ainda quais estabelecimentos estão aptos a receber as grandes demanda de turistas. “Para que o turismo cresça é preciso oferecer condições para que isso aconteça.” esclarece.

fonte: http://180graus.brasilportais.com.br/geral/secretaria-de-turismo-realiza-inventario-na-praia-do-coqueiro-266981.html

Ismailon Moraes

Começa o I Festival da Cajuína: uma Riqueza Piauiense


O objetivo do Governo do Estado é fazer com que a cajuína seja reconhecida no BrasilIniciou na noite desta quarta-feira (25) e segue até sexta-feira (27), a primeira edição do Festival da Cajuína do Piauí que acontece na Praça Pedro II. O objetivo do Governo do Estado é fazer com que a cajuína seja reconhecida no Brasil e no mundo como um produto genuinamente piauiense.

Dentre os presentes, estavam o secretário estadual do Desenvolvimento Rural, Rubem Martins; o diretor-geral do Instituto de Assistência Técnica de Extensão Rural (Emater-PI), Francisco Guedes; a presidente da Fundação Cultural do Piauí (Fundac), Sônia Terra; o coordenador de Comunicação Social do Estado (CCom), professor Wellington Soares; e o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-PI, Ulysses Moraes.

O diretor do Emater-PI, Francisco Guedes ressaltou a importância deste evento para a produção agrícola do Estado. “Este Festival demonstra que estamos vivendo uma verdadeira revolução silenciosa no campo e é de fundamental importância a integração entre as instituições públicas e privadas com as cooperativas de forma a ampliar cada vez mais a produção da cajuína e fazer um aproveitamento geral do caju. Este é nosso maior desafio, pois o Piauí é um Estado essencialmente agrícola e a cajuína é o nosso carro-chefe”, declarou Guedes.

Já o presidente do Sebrae-PI, Ulysses Moraes, disse que a cajuína é um dos produtos piauienses, ao lado da opala, em que o órgão está buscando indicação geográfica para reconhecimento como tipicamente piauiense. O processo vem sendo estudado e inclui registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), sendo que este estudo deve ser concluído em março de 2010.

A indicação agregará valor à cajuína, avaliado entre 20 a 25% sobre o custo atual. Cada produtor colocará um selo de indicação geográfica em sua embalagem. “Com a indicação, a cajuína será tão piauiense como a champanhe é francesa”, disse Ulysses.

Durante a solenidade de abertura do Festival, foi apresentado o documentário “Cajuína original do Piauí”, produzido por Alci Filho e ainda a mensagem do Governador Wellington Dias. E para finalizar a noite, o público pode conferir os shows do piauiense João Cláudio Moreno e ainda Vagner Ribeiro e Valor de PI.

fonte:http://180graus.brasilportais.com.br/cultura/comeca-o-i-festival-da-cajuina-uma--riqueza-piauiense-267074.html

Ismailon Moraes